Notícias

Juventude debate injustiça ambiental e violações de direitos na Amazônia

Postado em 07/06/2016 as 21:36:16

Mídia e Educação Ambiental foi tema do 13º encontro formativo do Curso de Comunicação Popular, do Projeto Jovens Comunicadores da Amazônia, realizado pelo Instituto Universidade Popular – UNIPOP, com o objetivo de problematizar o papel dos meios de comunicação na defesa do meio ambiente.

Possibilitando uma análise crítica da cobertura midiática sobre os projetos ditos de desenvolvimento econômico que prejudicam o meio ambiente, os povos tradicionais e a sociedade como um todo, o encontro contou com a participação de Marco Mota, educador social engajado na luta pelos direitos dos povos tradicionais e indígenas da Amazônia. Sendo um dos fundadores do Comitê Metropolitano Xingu Vivo, em Belém, sua atuação se firma, ainda, por meio da integração no Fórum da Amazônia Oriental (FAOR) e do Conselho de Ética da Associação Brasileira das Organizações Não-Governamentais.

Marco Mota dialoga com os Jovens Comunicadores

Um dos pontos que ganharam destaque no primeiro momento de discussão foi a identidade relacionada ao sujeito amazônida e sua participação no fortalecimento das lutas contra as violações de direitos e a destruição ambiental provocadas por construções de hidrelétricas nos rios da Amazônia, com a justificativa de se alcançar “avanço” e “desenvolvimento” ao país.

No segundo momento do dia, com orientação das jovens articuladoras, Naiane Queiroz e Mariné Ferreira, foram produzidos vídeos de bolso ao estilo selfie movie para contribuir na luta em defesa dos direitos e dos povos da Amazônia.

Juventude articula a produção do vídeo de bolso

Depois de ter participado das discussões e ter assistido a vídeos sobre a temática, a jovem Yvani Kethellen, 17 anos, comentou sobre a surpresa em ter tido contato com informações de tamanha seriedade relacionadas à justiça socioambiental. “Pra mim foi um choque de realidade, nunca havia pensado sobre isso, é tudo novo. O que foi mais marcante, foi aquela senhorinha [no vídeo] falando da riqueza dela pautada na importância que o rio Tapajós tem na vida dela”, disse. 


Assista o vídeo produzido pelos Jovens Comunicadores da Amazônia





Vídeos utilizados para subsidiar os diálogos do encontro:

 Vozes do Tapajós - https://www.youtube.com/watch?v=E5vw5wOIJiI

As Contyradições do Tapajós -  https://www.youtube.com/watch?v=XSevC33iyd8&list=PLl3gz5uZSOCSlKqsUDBM1mKPlYjVbR1ml

Tapajós a luta pelo rio da vida - https://www.youtube.com/watch?v=2qP62aWxDkk&list=PLl3gz5uZSOCSlKqsUDBM1mKPlYjVbR1ml&index=4

Mensagem Munduruku - https://www.youtube.com/watch?v=ENQO7QKFoZ4&list=PLl3gz5uZSOCSlKqsUDBM1mKPlYjVbR1ml&index=5

Fonte: Unipop